Na linha de frente

1/1

Pizzas de pepperoni e rostos pintados. Camisas de time e música tocando direto do porta-malas do carro. Pessoas torcendo para o seu time preferido, churrasco e, claro, futebol americano. Se você está familiarizado e se empolga ao ouvir tais palavras como "Blitz", "Rush" ou "Interception", então "Ballers" é a série que você estava esperando, especialmente desde que sua quinta e última temporada acabou de ser lançada na HBO.

O mundo em torno da história apresentada por "Ballers" contém todos os elementos-chave para torná-la um espetáculo atraente. Criada por Stephen Levinson ("Boardwalk Empire", "Entourage") e protagonizado por Dwayne Johnson, a série levou seus telespectadores de todo o mundo a aplaudir de pé assim como milhares de fãs fazem durante a celebração de um touchdown ou na demonstração de força e estratégia por trás de cada jogada no campo. “Ballers” nos envolve de uma forma muito profunda, é como se tivéssemos um passe VIP e vemos o que acontece quando os jogadores tiram seus uniformes e vivem suas vidas de indivíduos "comuns”.

"Ballers" conta a história de um pequeno grupo de jogadores profissionais de futebol americano em Miami. Alguns no início de suas carreiras; outros levando adiante o seu esforço para permanecerem elegíveis para um time na próxima temporada, enquanto outros estão vivendo da melhor forma possível com suas aposentadorias.

O personagem principal do programa é Spencer Strasmore (Johnson) que, depois de se aposentar como jogador ativo, torna-se consultor financeiro para jogadores da NFL. No entanto, as experiências de Spencer com o esporte deixaram muitas cicatrizes emocionais e físicas que constantemente o lembra de sempre fazer o seu melhor. Apesar de ser bem-sucedido, Spencer frequentemente mostra uma personalidade agressiva de seus anos no esporte, das políticas da liga - que ele considera injustas - e também uma ferida aberta com a morte de seu irmão mais velho, que também era um jogador profissional.

Apesar disso, Spencer demonstra ser uma pessoa franca, com vontade e encantador, o que lhe permite lidar com diversas situações de seus clientes, sem importar quão escandaloso ou inexplicável sejam. Ele consegue isso com a ajuda de seu parceiro Joe Krutel (Rob Corddry), o menos adequado para um homem como Spencer, mas também o único com a capacidade e o carisma necessário para uma parceria bem-sucedida e estranha, como administrar o dinheiro - e o ego - de jogadores de futebol americano.

É assim que deve ser, porque não há nenhuma outra dupla que poderia lidar com as excentricidades, excessos e explosões mostradas por alguns dos clientes de Spencer e Joe, todos os jogadores de futebol americano em diferentes fases de suas carreiras. Desde a luta de Ricky Jarret para permanecer ativo como jogador (interpretado por John David Washington, filho de Denzell Washington, além de ator e ex-jogador da NFL), até o tédio da pós-aposentadoria de Charles "Chuck" Greane (interpretado por Omar Benson Miller), que deseja retornar ao campo novamente, de uma forma ou de outra.

Ao longo de quatro temporadas bem elaboradas, esta série nos mostrou o brilho nos olhos ao assinar contratos de valor de muitos milhões de dólares e, para isso, não economizaram nenhum centavo em locais exóticos, mulheres bonitas e, claro, carros espetaculares. Os fãs de carros esportivos amarão ver Ferraris, Bugattis, Lambos e todos os brinquedos caros que gostamos.

Você gosta de iates com mais de 80 pés e festas sofisticadas como as de jogadores e celebridades da NFL? Então você vai disfrutar vendo a vida dos chamados "ricos e famosos" em "Ballers"; mas também tem a luta que os jogadores enfrentam por causa das sequelas do jogo. Assim como as lesões físicas e mentais que afetam a maioria dos jogadores devido à natureza do esporte, há também a mentalidade de bloqueio em que ninguém pode admitir que essas lesões estão afetando seu comportamento e as decisões que tomam; e como tudo isso afetará o seu futuro nos próximos anos.

Mas, peraí! Também há muita diversão novamente nesta temporada! Depois que a cruzada pessoal de Spencer para lutar contra a NFL e a NCAA pelos direitos dos jogadores sofreu uma derrota contundente, a quinta temporada começa com as lutas de Joe para manter a diversão no canal Sports X. Enquanto isso, Spencer ratifica sua luta contra toda a NFL, decidindo comprar os Chefes de Kansas City, depois que seu projeto de abrir uma franquia em Las Vegas foi derrotado por jogadores mais poderosos em ligas financeiras mais altas. Ao fazer essa jogada, Spencer poderia se colocar na posição de ser o único proprietário de minoria étnica de um time de futebol americano profissional.

Outros temas que permeiam o mundo da história na qual Ballers é desenvolvido estão relacionados às diferenças raciais, o polêmico hasteamento da bandeira durante os jogos da temporada e o "ir e vir" envolvido nas negociações de dezenas de milhões de dólares. As negociações e discussões entre os agentes e os donos das equipes, bem como a arrogância natural demonstrada pelos novos jogadores em potencial que saem da universidade e prontos para serem selecionados na primeira rodada de escolha dos novos jogadores.

Resumindo, a série possui todos os componentes para ser entretido e convidar a refletir um pouco sobre como o jogo e a quantia de dinheiro que ele proporciona, em último caso, afetam a vida daqueles com talento suficiente para jogar em uma das principais ligas esportivas do mundo.

 Não perca a emocionante história da quinta temporada de "Ballers", ou você prefere ficar sentado no banco?

  • Copiar Enlace

Assine a HBO

Não fique de fora. Aproveite a programação do momento.

Eu quero HBO!