Batwoman, a nova heroína de Gotham City

14/4 · Por HBO · Leitura de4 min.

A HBO nos traz a primeira temporada em oito episódios de Batwoman, a sombria e fascinante heroína da DC Comics. A Batwoman será interpretada por Ruby Rose e percorrerá as ruas de Gotham City para lutar contra o mal na ausência do Batman, mas também contra seus demônios pessoais.

Kate Kane está de volta à Gotham City. Logo no início vemos que ela está marcada pelo trauma da péssima relação que mantém com seu pai e pela perda de sua mãe e irmã, que morreram em um acidente quando ela ainda era pequena. O Batman, como já sabemos, esteve envolvido na tragédia, e ela sabe que ele é parcialmente culpado.

Dessa maneira, Kate é tão complexa quanto Bruce Wayne, que é justamente seu primo, desaparecido da cidade há bastante tempo, assim como o próprio Batman.

Descobriremos que Kate, antes de chegar a Gotham City, esteve em um duro treinamento em terras distantes e que foi expulsa da academia militar por manter um relacionamento com sua companheira de estudos, Sophie Moore, interpretada por Meagan Tandy.

Logo Kate descobrirá que seu primo era o Cavaleiro das Trevas, e nela surgirá um turbilhão de emoções e ódio que fará com que se aprofunde nos segredos do misterioso justiceiro, a ponto de se converter em uma heroína noturna com capa e máscara.

Também nos será apresentado Luke Fox (Camrus Johnson), filho de Lucius Fox. Lucius era o encarregado dos negócios das empresas Wayne. Foi interpretado, como você se lembrará, por Morgan Freeman na trilogia de Christopher Nolan.  Batman Begins (2005), The Dark Knight (2008) e The Dark Knight Rises (2018). Mas desta vez estará seu filho Luke, como o guardião dos segredo do Batman.

Também estará, em uma luta entre o bem e o mal, o próprio pai da Kate, o coronel Jacob Kane (Dougray Scott), que criou a Crows Security, uma empresa de segurança muito próxima do paramilitar, com o objetivo de acabar com o crime de Gotham City.

Eles enfrentarão uma misteriosa personagem feminina conhecida como Alice (Rachel Skarsten), uma criminosa perigosa que age com violência extrema. Essa personagem será muito importante para a Kate. O passado as unirá, mas também as condenará.

 

Batwoman e o Arrowverso

Batwoman fez sua aparição na célebre revista Detective Comics em meados dos anos cinquenta. Desde então, teve algumas participações pelo mundo dos quadrinhos sem ter um arco próprio. Em alguns momentos, inclusive desapareceu por completo. Mas em 2009, ela ganhou a sua própria revista, aparecendo como a nova guardiã de Gotham City.

Em 2010, a DC fez o relançamento dos chamados Novos 52, que consistiu em uma espécie de recomeço do zero de 52 séries da marca com o propósito de apresentá-las com uma nova cara para as gerações atuais; foi aí que a Batwoman obteve seu visual e seu enredo atual.

Com esse visual, a Batwoman também entra no Arrowverso, onde continua sendo a nova guardiã de Gotham City após o desaparecimento do Batman e uma importante figura LGTBI+ dentro do universo dos quadrinhos.

Um fato paradoxal: a Batwoman foi criada com o propósito de estabelecer um romance com o Batman. Na época, os comentários sobre a homossexualidade do super-herói (por sua proximidade com o Robin) eram extremadamente fortes e os editores estavam sendo censurados. Outro motivo também foi a publicação do livro La Seducción de los inocentes naquela época. Esse livro foi escrito pelo psiquiatra Fredric Wertham que argumentava que os quadrinhos corrompiam a juventude. O livro, como você poder ver, produziu uma grande influência na opinião pública.

Cabe destacar que, como Arrowverso, esta é uma franquia de mídias (especialmente as de televisão) e um multiverso que mistura enredos, cenários e personagens dos quadrinhos da DC. A franquia começou com Arrow, cujo protagonista é o Arqueiro Verde. Daí o nome Arrowverso. Entre as séries que o compõe estão The Flash, Vixen,Legends of Tomorrow, Supergirl e Black Lightning, entre outras que são para a internet. A série Batwoman também se juntará ao Arrowverso.

Ruby Rose interpreta a heroína noturna

A atriz, modelo, DJ e apresentadora de televisão australiana Ruby Rose interpreta a heroína noturna. Rose é abertamente homossexual. Ela também é muito atlética e já a vimos fazendo cenas de ação em filmes como John Wick: Chapter 2 (2017), onde teve uma luta corpo a corpo com facas contra Keanu Reeves. Ruby Rose está, sem dúvida, preparada para assumir o papel.

A partir de 17 abril, não perca Batwoman, Na HBO e HBO GO.    

  • Copiar Enlace

Assine a HBO

Não fique de fora. Aproveite a programação do momento.

Eu quero HBO!