Aves de Rapina, Arlequina se emancipa

1/1 · Por HBO

Desfrute da loucura e do caos com Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa). Após seu término com o Coringa, Arlequina retorna mais poderosa do que nunca.

Aves de Rapina: Margot Robbie retorna para interpretar uma nova e emancipada Arlequina

Margot Robbie é uma das atrizes Hollywoodianas mais belas da atualidade. Tem como característica um ar clássico, como as estrelas de outras épocas, e tem um glamour no estilo de Ingrid Bergman. Brilhou em filmes como Eu, Tonya (2017), no qual interpretou a patinadora artística Tonya Harding. Também demonstrou seu talento em Duas Rainhas (2018), no qual está irreconhecível no papel da Rainha Elizabeth I. Destacou-se em O Escândalo (2019) como Kaya Pospisil, uma das mulheres que denunciaram o poderoso Roger Alies, da Fox News, por assédio sexual. Recentemente interpretou a belíssima Sharon Tate em Era Uma Vez em... Hollywood (2019) de Quentin Tarantino. Porém, muito antes de tudo isso, encantou o público na pele da famosíssima namorada do Coringa, ninguém mais ninguém menos do que a inigualável Arlequina, ou Harley Quinn, em Esquadrão Suicida (2016).

A Arlequina é, sem dúvida, uma vilã, e tão louca quanto o namorado, o infame Coringa, arqui-inimigo do Batman. Nas histórias em quadrinho da DC, a Arlequina não é facilmente ignorada; esbanja sensualidade e corpão além de possuir uma personalidade sedutora. Arlequina é a namorada temperamental que todos os homens sonham em ter: apaixonada, sexy e explosiva.

Esta personagem fascinante apareceu pela primeira vez na série animada do Batman em setembro de 1992. Logo passaria aos quadrinhos em The Batman Adventures #12 (1993), e dali em diante não parou de aprontar.

Margot Robbie, que já havia conquistado muitos admiradores em O Lobo de Wall Street, elevou a personagem ao ápice do encanto. Desde então, a personagem passou a ser fortemente associada à atriz, isso sem falar no seu figurino. Hoje em dia, todas as convenções de quadrinhos do mundo então cheias de cosplayers encarnando a versão de Margot Robbie da Arlequina.

Cathy Yan dirige esta aventura do Universo da DC

Não era difícil imaginar que pensariam em fazer um filme solo para a Arlequina, e para Margot Robbie, que inclusive se tornou umas das produtoras executivas do longa. Daí nasceu Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa), também conhecido como Aves de Rapina.

A direção ficou com Cathy Yan, jovem diretora que recebeu ótimas críticas e muitos prêmios no circuito independente com seu filme de estreia, Dead Pigs (2018), uma comédia negra baseada na história real de mais de dezesseis mil porcos que foram encontrados mortos no rio Huangpu em Xangai. Seu primeiro filme foi tão bem recebido que Yan foi contratada para dirigir Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa): uma mulher na direção de um filme com roteiro escrito também por uma mulher, Christina Hodson, cheio de personagens femininas e no qual sua protagonista se emancipa de seu namorado louco e abusivo que pinta os cabelos de verde e persegue um mal-humorado Homem-Morcego.

 

Arlequina também tem o seu esquadrão

Arlequina, farta do Coringa, que além de tudo se atreveu a deixá-la, começa sua aventura. Muitos em seu caminho acreditam que sem o Coringa ela é indefesa. Mas não, a Arlequina é uma mulher batalhadora, liberada e segura de si mesma, e que pode muito bem resolver seus próprios assuntos.

Como sempre, Arlequina parece ser um pouco louca, o que dá um incrível tom de comédia à ação, mas ela é mais do que aparenta ser e, na hora do perigo, usa toda a sua intrépida e perigosa insanidade a seu favor.

Se por um lado a Arlequina é uma vilã, por outro sempre haverá alguém pior, mais cruel, e frente a isso ela agirá como uma heroína, acompanhada por um batalhão de mulheres: Cassandra Cain (Ella Jay Basco), Canário Negro (Jurnee Smollett-Bell), Caçadora (Mary Elizabeth Winstead) e Renee Montoya (Rosie Perez). No papel do maléfico criminoso Máscara Negra, temos Ewan MacGregor, visto recentemente na HBO em Doutor Sono.

Não perca a ação e diversão de Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa, a partir de 24 outubro na HBO e HBO GO.

  • Copiar Enlace

Assine a HBO

Não fique de fora. Aproveite a programação do momento.

Eu quero HBO!